top of page

O Futuro do Entretenimento: YouTube Liderando a Nova Era de Streaming e Publicidade


A Nova Era de Vídeos Online: YouTube já Não é Apenas Uma Ameaça à TV Tradicional

O mercado do entretenimento vive uma montanha russa já há alguns anos, com a chegada dos streamings e o aumento do consumo de vídeos online, o público é quem escolhe sua programação, de acordo com seu tempo e rotina.


Com o "boom" do digital, ainda mais intensificado desde o inicio da pandemia, o novo normal é assistir vídeos quando e onde quiser. Não precisamos mais ligar a TV de manhã na terça-feira para pegar aquela receita de bolo de chocolate da Ana Maria Braga, nem ter que se programar para assistir um programa de viagens que irá mostrar aquele lugar que você sonha em conhecer.


Parece que tudo que precisamos resolver está logo ali, a dois cliques no smartphone ou até mesmo na SmartTV.


Com o hábito de consumir vídeos online cada vez mais frequente, o YouTube vem surfando essa onda, e fazendo parte da rotina de uma parcela importante da população, alavancando sua audiência. S


Seguindo essa tendência, os profissionais de marketing e publicidade já se movimentam para otimizar suas campanhas no digital.



Alocação de Investimento em Mídia em 2021


82% dos Profissionais de Marketing afirmam que vão realocar ao menos uma parte da verba de TV no YouTube.


Segundo uma pesquisa realizada pela Pixability nos Estados Unidos em Abril de 2021, os Profissionais de Marketing que estão envolvidos em planejamento e campanhas digitais, afirmaram que poderão migrar a verba de TV tradicional para o YouTube.



No mesmo contexto, outros canais digitais aparecem na lista como Hulu que esta na lista dos canais com maior número de viewers nos Estados Unidos, além de Facebook, Instagram, TikTok e Amazon Fire TV.


Por mais que essa dinâmica esteja embasada no mercado norte americano, vale lembrar que o Brasil é um dos maiores consumidores de YouTube no mundo, com mais de 108* milhões de viewers, perdendo apenas para Índia e Estados Unidos.


YouTube em Números


A receita do YouTube disparou em 2021, chegando na casa dos US$ 6,01 bilhões no primeiro trimestre, um aumento de 49% em relação ao ano anterior. Esse número é quase o dobro do relatado pelo Netflix (crescimento de 24% no primeiro trimestre).


São mais de 1 bilhão de horas de vídeo transmitidas todos os dias, e o tempo médio de consumo é 2,5 vezes maior que o tempo gasto diariamente na Netflix, segundo o Analista Rich Greengirld da Lightshed Ventures.


A receita do YouTube está saudável e forte, apesar dos desafios de 2020. O número de novos canais que ingressaram no nosso programa de parcerias (YPP) no ano passado mais que duplicou em relação ao ano anterior. Susan Wojcicki, CEO do YouTube.


imagem do autor

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page