top of page

Connect Rate: O que é, Como Calcular e Quando Usar


Imagem mostra uma pessoa sentada na frente do laptop, digitando, e conexões de dados aparecendo.

Dentro dos principais indicadores do Marketing Digital, o Connect Rate é um dos mais importantes para serem analisados, e trazer uma ideia mais palpável em termos de engajamento do público, performance da campanha e até mesmo conversão. Mas o que é o Connect Rate, como podemos monitorar esse indicador e além disso, quando se faz relevante analisar essa métrica? Ao final desse artigo você vai saber tudo sobre Connect Rate e poder aplicar essa leitura hoje mesmo nas suas análises de campanhas digitais e performance.

O que você verá nesse artigo:


O que é Connect Rate?


O Connect Rate é uma métrica de engajamento dentro do Marketing Digital que corresponde a taxa de visitas/sessões provenientes dos cliques em um anúncios ou criativos de uma determinada campanha digital.


Prefere Conteúdo em Vídeo?


Confira esse vídeo do nosso canal no YouTube, sobre connect rate e aprenda de uma vez por todas o que é connect rate. Antonio Bennati Especialista em Análise de Dados trouxe um exemplo real para demonstrar como analisar e calcular o connect rate na prática.



Como Calcular o Connect Rate?

Para calcular o Connect Rate você vai precisar do número de cliques e o número de visitas no site:

Fórmula do Connect Rate


X = Connect Rate

Visitas = Dados de Sessões do Google Analytics

Cliques = Dados de Cliques das plataformas digitais como por ex: Facebook Ads, Google Ads.


X= (Visitas/Cliques)*100


Exemplo prático:


Website Y tem 1500 visitas e 2200 cliques


X= (1500/2200)*100

X= 0,68*100

X=68%


O Connect Rate é de 68%



Quando devo avaliar a taxa de Connect Rate?


Dentro de uma estratégia de mídia, o objetivo da campanha pode variar de acordo com a marca, público, ação, e até mesmo sazonalidade. Para entender um pouco mais, vamos listar quais são as principais etapas de uma campanha de mídia digital.

1. Awareness

Essa etapa também é conhecida como topo de funil, e tem como objetivo aumentar o conhecimento do público pela marca em questão.

2. Consideração

É a etapa onde a marca já é conhecida pelo público alvo, no entanto o público de maneira geral ainda não teve uma experiência de fato. Aqui o mais importante é passar todas as informações sobre a marca ou produto, pois é a fase que antecede o momento de compra ou conversão.

3. Conversão

Também conhecida como Lower Funnel é nessa etapa que o objetivo maior é de fato a compra ou a conversão, ou seja o público alvo teoricamente já tem conhecimento e está engajado suficientemente para tomar a ação de compra. Posto isso, vimos que na etapa de consideração, o objetivo é o contato ou engajamento do público alvo com a marca, e entre outros indicadores de engajamento, como CTR, Cliques, o Connect Rate é uma ótima opção de monitoramento pois indica que dos usuários que clicaram no seu anúncio, quantos deles efetivamente entraram em seu site para conhecer mais sobre a marca ou produto.


O que é uma boa taxa de Connect Rate?


Uma boa taxa de Connect Rate pode variar bastante, mas obviamente o que vai mais implicar nessa análise é o objetivo da campanha e a etapa do funil que está sendo avaliada.


Pense assim, não faz sentido mensurar o Connect Rate de campanhas onde a etapa do funil é Awareness, pois o objetivo é reconhecimento de marca e não (ainda) interação e engajamento com a sua marca.


Portanto, o primeiro passo é focar a análise com campanhas ou anúncios que estão na etapa de consideração. De acordo com diversos projetos, temos notado que uma taxa de Connect Rate razoável permeia entre 50% e 60%, obviamente esse dado vai mudar de acordo com o veículo, investimento, segmentação do público e etc.


Posso encontrar a taxa de Connect Rate no Google Analytics?


A taxa de Connect Rate não faz parte dos indicadores do Google Analytics, portanto essa métrica tem que ser desenvolvida e gerenciada pelos time de mídia de performance e Business Intelligence, através de reports e dashboards automatizados.


O ideal é incluir uma coluna na base de dados que alimenta a relatoria para que esse dado seja atualizado recorrentemente, com isso seu time poderá avaliar médicas, curvas e picos dessa taxa, tirar valiosos insights e realizar apontamentos pertinentes para os times envolvidos.



Com qual frequência devo avaliar o Connect Rate?


A dica é avaliar o Connect Rate constantemente, por isso, o item anterior é super importante, com um processo regular e automatizado, o time ganha 2 benefícios logo de cara, que é diminuir o risco de falha humana, e agilidade no monitoramento e por consequência na tomada de decisão.


Outro benefício é de dar visibilidade desse indicador para os times adjacentes e para o próprio cliente ou time comercial



 

Fique por dentro de todas as novidades no mundo do Business Intelligence. Conheça nosso acervo de Indicações de livros, cursos e ferramentas nesse link Indicações the BI lab.


Inscreva-se no nosso Blog e no nosso canal no YouTube. Não perca nossos artigos semanais, repletos de insights e tendências que vão impulsionar seus conhecimentos.


redator thebilab


Comments


bottom of page