top of page

O Salário dos Profissionais de Business Intelligence: Uma Análise Detalhada do Mercado Atual


A imagem mostra uma mulher segurando notas de dólar olhando para o lado e sorrindo.

Você já ouviu falar sobre a lei da oferta e da demanda? Provavelmente sim, essa lei foi criada em 1776, no livro "A Riqueza das Nações.


Essa lei diz basicamente que se a oferta de um bem no mercado é superior a sua demanda ou seja a sua procura, o valor do produto tende a cair, por outro lado se a demanda de um bem é superior a oferta, consequentemente o valor do produto tende a subir.

E o que essa lei tem a ver com os salários dos Profissionais de Business Intelligence?

Neste artigo, vamos explorar de maneira direta o cenário atual do mercado de trabalho voltado ao Business Intelligence, embora temos observado que muitas pessoas estão entrando na área de dados ou até mesmo em transição de carreira, há muitas oportunidades abertas.


Alta Procura por Pofissionais de Business Intelligence


Através de uma simples busca no Linkedin, podemos notar um enorme volume de vagas e oportunidades na área de Business Intelligence. No dia da publicação do blog, eram quase 13 mil vagas de vários níveis em todo o Brasil. Com essa análise já podemos fazer uma associação com a lei da oferta e demanda. Mas você pode se perguntar, se o número de pessoas na área de Business Intelligence é inferior a essas 13 mil oportunidades existentes, por exemplo.

Provavelmente o volume de profissionais ou pessoas em transição de carreira é superior, porém a qualificação é um diferencial para que as vagas sejam de fato preenchidas.

Se a Procura é Alta e o Número de Profissionais de BI é Baixo, então, o que acontece?


Para quem atua na área de Business Intelligence já há alguns anos, e tem se atentado às movimentações de mercado, é fato dizer que hoje estamos passando por um processo de renovação e adaptação dos profissionais.


Muito por conta da transformação digital que as empresas têm adotado principalmente depois do início da pandemia em 2020, onde o digital e novas tecnologias proporcionaram essa aceleração, um tanto desordenada. Portanto, hoje, tanto empresas quanto profissionais precisam se atualizar, entender as novas tendências do consumidor e abraçar as oportunidades de mercado.


E com esse cenário de muitas movimentações, observamos muitas vagas em Business Intelligence abertas, proporcionalmente poucos profissionais aptos a encarar os desafios, e um certa inflação nos salários de profissionais com um certo nível de experiência mais avançado.


Qual é o salário de um Profissional de Business Intelligence?


Apesar de poder variar muito de acordo com o cargo, conhecimentos, modelo de contratação e entre outras variáveis, atualmente o salário médio de um profissional de Business Intelligence segundo o site glassdoor.com.br é de R$ 6.345,00. Também existe uma movimentação em relação aos recrutadores das áreas de TI e dados, que precisam se atualizar cada vez mais para acompanhar os skills necessários para o perfil desse profissional, esse cenário ganhou impulso nos últimos anos devido à aceleração digital.

Confira esse vídeo do Nosso Canal Tivemos uma conversa super interessante com o João Barbosa, Especialista em Business Intelligence. Ele nos trouxe alguns cases reais que ele passou na sua trajetória na área de BI e como ele superou esses desafios. Confira o vídeo na íntegra:


Quais são os diferenciais que um profissional de BI deve ter?


Obviamente que hard skills são preliminares e fundamentais para atuação na área, até mesmo necessários já nas etapas iniciais de um processo seletivo.


Seriam eles, conhecimentos técnicos como banco de dados, mineração de dados, e transformação deles, noções de estatísticas, experiência com ferramentas de visualização de dados como PowerBi, DataStudio, Tableau, Excel, Google BigQuery, além de conhecimento ao menos básico em linguagem de programação como SQL ou Python.



Os itens acima são fundamentais, porém, o destaque maior vem através dos soft skills, que vamos deixar listados abaixo para melhor entendimento.


Vale lembrar que a área de dados exige no dia a dia um tipo de postura do profissional ágil e investigativo, devido aos entraves que serão encontrados no decorrer da jornada e o relacionamento com diversos times de diferentes áreas da empresa ou do cliente. Soft skills do profissional da área de dados:

  • Proatividade

  • Resiliência

  • Storytelling

  • Multitarefas

  • Olhar analítico

  • Colaboração


Pra ficar na memória

“Não importa o cargo almejado ou valor do salário, caso esteja ingressando na área de dados ou em transição de carreira, leve o espírito colaborativo e de proatividade para seus projetos, questione o máximo possível para que você tenha sempre a relevância necessária"

Lembre-se que é importante que as suas escolhas e orientação estejam em linha com suas aptidões e desejos.


Como dentro da área de Business Intelligence temos diversas disciplinas e atuações, foque na que você melhor se adapta e aprofunda nas questões técnicas.

Se você está curtindo nosso conteúdo, inscreva-se no nosso Blog e não perca nossos artigos semanais, repletos de insights e tendências do universo da Análise de Dados, Business Intelligence e Inteligência Artificial.


Conheça nosso canal no YouTube e mergulhe em conteúdos exclusivos e aulas que irão enriquecer sua jornada de aprendizado.


Acervo de Indicações de Livros e Cursos selecionados > Indicações the BI lab



Opmerkingen


bottom of page